Angela-Lago Angela-Lago

Premiações

2011

  • Hors-Concours na categoria O Melhor Reconto e Melhor Ilustração, Prêmio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil para "Psiquê"
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração do livro "Minhas Assombrações"

 

2010

  • Prêmio Jabuti, Categorias Ilustração e Juvenil, Câmara Brasileira do Livro, pelo livro "Marginal à esquerda"
  • Prêmio Jabuti, Categoria Infantil, Câmara Brasileira do Livro na categoria infantil pelo livro "A Visita dos 10 monstrinhos"
  • Finalista do Jabuti com o livro "Minhas Assombrações e "Bichos"
  • Integrante da Seleção "White Ravens", publicação distribuída na Feira de Bolonha (Itália). "Bichos" foi classificado como um dos cinco melhores livros infanto-juvenis do Brasil.

 

2009

  • Finalista das categorias Literatura Infantil e Juvenil e Projeto gráfico do Prêmio Literário concedido pela Fundação Biblioteca Nacional com o livro "Bichos"

 

2008

  • Prêmio Jabuti, Categoria Infantil, Câmara Brasileira do Livro, pelas ilustrações do livro "João Felizardo o rei dos negócios"
  • "AEIOU" é classificado como Altamente Recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) na categoria Criança

 

2007

  • BIB Plaque, Prêmio da Bienal Internacional da Bratislava, pelos originais ilustrações do livro "João Felizardo o rei dos negócios"
  • Hors-Concours na categoria O Melhor Reconto do Prêmio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil para "João Felizardo o rei dos negócios"

 

2006

  • Indicação ao Jabuti pela "Coleção Virando Onça"

 

2005

  • Prêmio Jabuti, Categoria Infantil, Câmara Brasileira do Livro, pelo livro "Indo não sei aonde buscar não sei o quê"
  • Hors-Concours na categoria O Melhor Reconto do Prêmio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil para a "Coleção Virando Onça"

 

2004

  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração do livro "Muito Capeta"
  • Prêmio Altamente Recomendável e O melhor livro de imagem, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração do livro "A raça perfeita"
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pelas ilustrações e projeto gráfico do livro "Rap Rua"

 

2002

  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração do livro "A Banguelinha"
  • Hors-Concours na categoria O Melhor Para Criança e Prêmio Altamente Recomendável da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil pelo livro "Sete histórias para sacudir o esqueleto"

 

2001

  • Prêmio Jabuti de Ilustração, Câmara Brasileira do Livro, pelas ilustrações do livro "O gato chamado Gatinho"
  • Prêmio O melhor livro de poesia, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela ilustração do livro "O gato chamado Gatinho"
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela ilustração do livro "O prato azul-pombinho", escrito por Cora Coralina

 

2000

  • Prêmio Jabuti, Câmara Brasileira do Livro, pelo livro "Indo não sei aonde buscar não sei o quê"
  • Hors-Concours na categoria O Melhor Para Criança do Prêmio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil pelo livro "Indo não sei aonde buscar não sei o quê"
  • Prêmio Altamente Recomendável 2000, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração (com outros autores e ilustradores) do "Hoje é dia de festa"
  • Prêmio Adolfo Aizen na categoria projeto gráfico, com o livro "A formiga Aurélia"

 

1999

  • Selecionada para Octogonales, Prix Graphique, Centre International d'Etudes en Littératures de Jeunessa, Paris, pelo livro "ABCD Doido"
  • Hors-Concours na categoria O Melhor Para Criança do Prêmio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil pelo livro "ABCD Doido"
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela ilustração do livro "A revolta das palavras"

 

1998

  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela ilustração do livro "A criança e seus direitos: declaração dos direitos da criança"

 

1997

  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração do livro "Um ano novo danado de bom"
  • Medalha da Inconfidência (comenda de maior grau concedida pelo Governo de Minas Gerais) pelo trabalho como escritora.

 

1996

  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração do livro "Uma Palavra só"
  • Prêmio Bloch Educação – 25 anos – Literatura Infantil, Empresas Bloch, Rio de Janeiro 1996, pelo livro "Uma palavra só", menção honrosa na categoria texto
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração do livro "Pedacinho de Pessoa"

 

1995

  • Prêmio Octogone de Ardoise, Prix Graphique, Centre International d' Etudes en Littératures de Jeunessa, Paris, pelo livro "Cena de Rua"
  • Prêmio Jabuti de Ilustração, Câmara Brasileira do Livro, pelas ilustrações do livro "Cena de Rua"
  • BIB Plaque, Prêmio da Bienal Internacional da Bratislava, pelas ilustrações do livro "Cena de Rua"
  • White Ravens 1995, Biblioteca Internacional de Munique, pelo livro "Cena de Rua"
  • Prêmio Fernando Pini de Excelência Gráfica, da Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica e Associação Brasileira da Indústria Gráfica, ABIGRAF , na categoria Livros Infantis para o livro "Tampinha"
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração do livro "Tampinha"
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração do livro "O personagem encalhado"
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração do livro "Charadas Macabras"
  • Prêmio Adolfo Aizen, União Brasileira dos Escritores, pelo conjunto de obras

 

1994

  • Prêmio Jabuti Infantil, Câmara Brasileira do Livro, pelas ilustrações da coleção "Folclore de casa"
  • Prêmio APCA, Categoria Livro sem texto, Setor de Literatura Infantil, Associação Paulista de Críticos de Arte, pelo livro "Cena de Rua"
  • Prêmio O melhor livro sem texto APCA, Associação Paulista de Críticos de Artes, pelo livro "Cena de Rua"
  • Hors-Concours na categoria O melhor livro sem texto do Prêmio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil pelo livro "Cena de Rua"
  • Prêmio em Literatura Visual, Concurso Prêmio Adolfo Aizen, União Brasileira dos Escritores, pelo livro "Cântico dos Cânticos"
  • Selecionado no Prêmio Iberoamericano de Ilustração pelo livro "Cântico dos Cânticos"
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria e ilustração do livro "Festa no céu"
  • Indicação para o Prêmio Hans Christian Andersen – Illustration, International Book Board for Young People, pelo conjunto de obras
  • Segundo Prémio Iberoamericano de Ilustración, La Consejería de Cultura, Junta de Andalucia, Sevilha, Espanha

 

1993

  • Prêmio Octogone de Fonte, Prix Graphique, Centre International d' Etudes en Littératures de Jeunessa, Paris, pelo livro "Cântico dos Cânticos"
  • 1º lugar do MAConcurso, promovido pela Genesys, representante da Aple, pela utilização de computação gráfica em conjunto de obra, Belo Horizonte
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pelo projeto editorial e ilustração do livro "Layla"
  • Prêmio Projeto Editorial e Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela coleção "Folclore de Casa"

 

1992

  • IBBY Certificate of Honour, International Book Board for Young People, 23º Congress of the International Book Board for Young People, Berlim, Alemanha, livro "Sua Alteza a Divinha"
  • Hors-Concours na categoria O Melhor Para Criança do Prêmio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil pelo livro "De Morte!"
  • Hors-Concours na categoria Imagem do Prêmio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil pelo livro "Cântico dos Cânticos"

 

1991

  • Prêmio Octogonales, Prix Graphique, Centre International d' Etudes en Littératures de Jeunessa, Paris, pelo projeto gráfico do livro "O caso da banana"

 

1990

  • Prêmio Ofélia Fontes – o melhor livro infantil, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, para o texto e ilustrações do livro "Sua Alteza a Divinha"
  • Indicação para o Prêmio Hans Christian Andersen – Illustration, International Book Board for Young People, pelo conjunto de obras
  • Prêmio APCA, Categoria Editoração e Projeto Gráfico, Setor de Literatura Infantil, Associação Paulista de Críticos de Arte, pelo livro "Sua Alteza a Divinha"
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pelas ilustrações do livro "O caso da Banana"

 

1989

  • Prêmio Ofélia Fontes – o melhor livro infantil, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pelas ilustrações do livro "A mãe da mãe da minha mãe"
  • Indicação ao Jabuti pelo livro "A Mãe da Mãe da Minha Mãe"
  • Prêmio João de Barro, livro "Na casa dos treze anos ou Estrelas e Pulgas" selecionado no Concurso Nacional de Literatura Infantil João de Barro, Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

 

1986

  • Prêmio de Ilustração Bienal do Livro, Bienal Internacional do Livro, São Paulo, Câmara Brasileira do Livro, pelas ilustrações do livro "Outra Vez"
  • Prêmio Noma Concours for Children's Picture Book Illustrations – Runner up, Asian Cultural Centre for Unesco, Tóquio, Japão, pelas ilustrações de "Chiquita Bacana e as outras pequetitas"
  • Prêmio Luís Jardim – o melhor livro de imagens, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pelo texto e ilustrações de "Chiquita Bacana e as outras pequetitas"
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pelas ilustrações do livro "Correspondência"
  • Prêmio Altamente Recomendável, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pela autoria do livro "Poemas com sol e sons"

 

1984

  • Finalista do Prêmio Bienal – Banco Noroeste de Literatura Infantil e Juvenil – Categoria Ilustração, com as ilustrações do livro "Uni duni e tê", Bienal Internacional do Livro, São Paulo
  • Prêmio O melhor livro sem texto, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pelo livro "Outra Vez"
  • Prêmio APCA, Categoria de Livro Sem Texto, Setor de Literatura Infantil, Associação Paulista de Críticos de Arte, pelo livro "Outra Vez"
  • 1º e 4º lugar no Concurso de Cartazes para o Dia Internacional do Livro Infantil, patrocínio do Banco Crefisul, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil

 

1983

  • Homenagem – Placa Amiga do Livro, Câmara Mineira do Livro.

 

1982

  • Prêmio Jabuti de Ilustração, Câmara Brasileira do Livro, pelas ilustrações do livro "O Pintassilgo Azul"
  • Prêmio O Melhor para a Criança, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, pelo texto e ilustrações do livro "Uni duni e Tê"

 

1981

  • Menção Honrosa – Prêmio Maioridade Crefisul, I Concurso Nacional de Literatura Infantil, patrocinado pelo Banco Crefisul de Investimento e Jornal de Letras, pelo o texto "Salamê mínguê"
  • Prêmio João de Barro, 1o lugar – júri adulto, Concurso Nacional de Literatura Infantil João de Barro, Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, pelo texto "Uni duni e tê"

 

1980

  • O livro "Sangue de Barata" foi selecionado pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, juntamente com outros cinco títulos, para a premiação anual da International Reading Association, Nova York.
  • Menção honrosa pelo livro "A caminho de casa" (sob o pseudônimo de Mariana), concedida pela União Brasileira de Escritores (UBE)

 

O livro "Cena de rua" integra a antologia "The Best Picture books of world" de Abhram Press, de Nova York.

 

Membro do Júri do BIB Plaque 2003, Prêmio da Bienal Internacional da Bratislava.

Membro da Comissão Julgadora do Concurso Nacional de Literatura Infantil "João de Barro" / 1989, promovido pela Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.